O enxame estelar Westerlund 1 e as posições da estrela magnética e da sua provável companheira anterior

Esta imagem do enxame estelar jovem Westerlund 1 foi obtida com o instrumento Wide Field Imager montado no telescópio MPG/ESO de 2,2 metros, no Observatório de La Silla do ESO, no Chile. Apesar da maioria das estrelas do enxame serem supergigantes quentes azuis, na imagem aparecem avermelhadas uma vez que as estamos a observar através de poeira e gás interestelar. Astrónomos europeus demonstraram, pela primeira vez, que esta estrela magnética - um tipo invulgar de estrela de neutrões com um campo magnético extremamente poderoso - se formou, muito provavelmente, num sistema estelar binário. A descoberta da anterior companheira (Westerlund 1-5) da estrela magnética num local diferente do enxame, ajuda a resolver o mistério de como é que uma estrela que começou por possuir uma massa tão elevada pôde dar origem a uma estrela magnética, em vez de colapsar sob a forma de um buraco negro.

Créditos:

ESO

Sobre a imagem

Id:eso1415b
Língua:pt
Tipo:Montagem
Data de divulgação:14 de Maio de 2014 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1415
Tamanho:1261 x 1261 px

Sobre o objeto

Nome:Westerlund 1
Tipo:Milky Way : Star : Grouping : Cluster
Distância:15000 anos-luz
Constellation:Ara

Formatos de imagens

JPEG grande
422,3 KB

Coordenadas

Position (RA):16 47 4.02
Position (Dec):-45° 51' 4.96"
Field of view:4.99 x 4.99 arcminutes
Orientação:O norte está a 0.1° à direita da vertical

Cores e filtros

BandaComprimento de ondaTelescópio
Óptico
B
451 nmMPG/ESO 2.2-metre telescope
WFI
Óptico
V
539 nmMPG/ESO 2.2-metre telescope
WFI
Óptico
R
651 nmMPG/ESO 2.2-metre telescope
WFI

 

Veja também