ann19045-pt — Anúncio

Uma Viagem às Escuras pelo Universo

Bolseiro do ESO lidera espectáculo de astronomia para cegos e deficientes visuais

13 de Setembro de 2019

O Bolseiro do ESO Chris Harrison liderou um projeto para conceber e produzir um espetáculo astronómico destinado a cegos e deficientes visuais. Uma Viagem às Escuras pelo Universo (A Dark Tour of the Universe) oferece uma experiência tátil do Universo usando modelos tridimensionais de imagens astronómicas e sonorização de dados astronómicos reais. O espetáculo estreia no British Science Festival no dia 13 de Setembro de 2019.

O espetáculo começa com o aparecimento de estrelas tais como são vistas a partir da plataforma do Very Large Telescope do ESO no Chile, na noite de 13 de Setembro de 2019. Usando dados reais da posição, magnitude e cores das estrelas, um bonito efeito de som envolvente é criado, permitindo assim à audiência ouvir as estrelas a aparecer.

Outros destaques do espetáculo incluem ouvir estrelas variáveis e galáxias a coalescer e sentir modelos tridimensionais de algumas das melhores imagens astronómicas do ESO, incluindo a primeira fotografia de um buraco negro e a imagem panorâmica de 360º da Via Láctea, obtida pelo nosso Embaixador Fotográfico Serge Brunier. Um dos conjuntos de dados que foi sonorizado está relacionado com a descoberta do exoplaneta NGTS-1b, usando o instrumento NGTS (Next Generation Transit Survey) montado no Observatório do Paranal do ESO. NGTS-1b foi o terceiro gigante gasoso a ser observado a transitar em torno de uma estrela anã do tipo M.

As pessoas que têm uma visão saudável também são encorajadas a assistir ao espetáculo, já que poderão aproveitar bastante esta experiência que viverão de olhos vendados.

O projeto, em colaboração com a BMW, foi pré-selecionado para os prestigiosos prémios industriais TCT, que celebram inovadores, tecnologias e colaboradores por detrás de exemplos revelantes de fabrico cumulativo, impressão 3D, design e engenharia em todo o mundo. A cerimónia de entrega dos prémios decorrerá no dia 25 de Setembro de 2019.

O projeto foi liderado pelo Bolseiro do ESO Chris Harrison, que trabalhou com vários astrónomos no ESO, incluindo outros bolseiros e estudantes. Chris tirou partido da sua experiência na produção de espetáculos de planetário para o Supernova do ESO, algo que faz no âmbito das suas tarefas como bolseiro, ao mesmo tempo que faz investigação na Sede do ESO em Garching, perto de Munique.

O espetáculo foi produzido em conjunto com Nicolas Bonne, um astrónomo com deficiência visual da Universidade de Portsmouth e do Tactile Universe, que contribuiu com informações importantes de como os astrónomos com deficiência visual levam a cabo a sua investigação. Foi também ele que transformou imagens em modelos tridimensionais e é o apresentador do espetáculo.

A companhia alemã BMW imprimiu 300 modelos tridimensionais para o espetáculo, enquanto que a companhia de engenharia global Arup usou a sua equipa de consultores acústicos e o seu SoundLab com sede em Sydney para produzir conceitos e dados astronómicos sonorizados, criando assim uma banda sonora em surround sound (6.1) total. O gabinete da Arup nas Midlands do RU forneceu o apoio técnico necessário para a estreia no British Science Festival.

James Reevell, um músico e professor inglês, criou toda a música e as “impressões do compositor” para o espetáculo. James usou uma simulação de um filme de um buraco negro produzida pelo ESO como inspiração para uma das suas composições.

Ficheiros audio

A — Oiça as estrelas a aparecer no Observatório do Paranal do ESO no Chile

Este material sonorizado permite à audiência ouvir as estrelas a aparecer qual tal como no dia 13 de Setembro de 2019 no Very Large Telescope do ESO no Chile. Os sons que se ouvem representam cada estrela (as estrelas mais brilhantes aparecem primeiro) e o tom do som representa a cor da estrela. O tempo foi acelerado. A posição da estrela nos sistemas de surround sound está também ligada à posição real no céu noturno. No entanto, o ficheiro audio foi modificado de surround sound (6.1) para estéreo. Este material faz parte do espetáculo de astronomia Uma Visita às Escuras pelo Universo destinado a cegos e deficientes visuais.

Credit: Mitchell Allen/Kim Jones (Arup); Chris Harrison/Miranda Jarvis (ESO)

(WAV, MP3

B — Oiça uma estrela variável cataclísmica

Algumas estrelas são bastante variáveis, apresentando enormes variações em brilho. Este material sonorizado permite à audiência ouvir uma estrela variável cataclísmica (V344 Lyr) que mostra tanto surtos curtos de baixa amplitude (que duram aproximadamente 5 dias) como surtos longos de grande amplitude (durando cerca de 15 dias). Estes dados foram obtidos pela missão Kepler da NASA que monitoriza como é que uma estrela varia em brilho ao longo do tempo. Este material faz parte do espetáculo de astronomia Uma Visita às Escuras pelo Universo destinado a cegos e deficientes visuais, mas foi modificado de surround sound (6.1) para estéreo.

Crédito: Mitchell Allen and Kim Jones (Arup); Chris Harrison (ESO); Kepler Space Telescope data

(WAV, MP3)

C —  Oiça galáxias a coalescer

Ao longo de milhões a milhares de milhões de anos as galáxias atraem-se umas às outras e subsequentemente podem colidir ou coalescer. A Via Láctea colidirá eventualmente com a galáxia de Andrómeda. Apesar de não podermos observar este processo em galáxias reais uma vez que é extremamente longo, podemos criar uma simulação no computador que acelere o tempo. Este material sonorizado permite à audiência ouvir duas galáxias a coalescer e o som envolvente faz com que se possa ouvir as galáxias a aproximarem-se vindas uma de cada lado e orbitarem em torno uma da outra antes de finalmente coalescerem. Este material faz parte do espetáculo de astronomia Uma Visita às Escuras pelo Universo destinado a cegos e deficientes visuais, mas foi modificado de surround sound (6.1) para estéreo.

Crédito: Mitchell Allen/Kim Jones (Arup); Chris Harrison (ESO); Florent Renaud (Lund Observatory)

(WAV, MP3)

Links

Contactos

Oana Sandu
Community Coordinator & Communication Strategy Officer
ESO Department of Communication
Tel: +49 89 320 069 65
Email: osandu@partner.eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann19045

Imagens

Montagem de modelos 3D e respectivas imagens
Montagem de modelos 3D e respectivas imagens
Montagem de modelos 3D
Montagem de modelos 3D