O MUSE observa a invulgar galáxia NGC 4650A

Este vídeo mostra como é que o novo instrumento MUSE instalado no Very Large Telescope do ESO observa a três dimensões uma galáxia distante. Para cada região da galáxia a radiação é separada nas suas componentes de cor - revelando não apenas os movimentos das diferentes regiões mas também fornecendo pistas sobre a sua composição química e outras propriedades. A certos comprimentos de onda, observa-se claramente a emissão do disco de rotação que se situa em torno da galáxia, assim como as diferentes velocidades das diferentes regiões do disco.

Durante a análise subsequente os astrónomos podem deslocar-se pelos dados e estudar diferentes vistas do objeto a diferentes comprimentos de onda, tal como se sintoniza uma televisão para os diferentes canais a diferentes frequências. Nesta sequência a velocidade é ajustada para destacar o brilho das regiões de formação estelar presentes no disco.

Este vídeo baseia-se em dados da galáxia do anel polar NGC 4650A obtidos no início de 2014, pouco depois da primeira luz do instrumento.

Créditos:

ESO/MUSE consortium/R. Bacon/L. Calçada

Sobre o vídeo

Id:eso1407a
Língua:pt
Data de divulgação:5 de Março de 2014 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1407
Duração:01 m 30 s
Frame rate:30 fps

Sobre o objeto

Nome:MUSE

Ultra HD (info)


HD


Large

QT grandes
8,7 MB

Medium

MPEG-1 médios
38,3 MB
Flash médios
11,1 MB

Small

QT pequenos
1,7 MB

For Broadcasters


Veja também