Quando a luz colide

Esta Fotografia da Semana captura um céu repleto de cores que cobre o Observatório do Paranal do ESO: azuis, violetas, laranjas, verdes, amarelos e vermelhos misturam-se para criar esta bela imagem do local no Chile. Em primeiro plano, podemos ver um dos Telescópios Auxiliares (ATs) que compõem o Very Large Telescope (VLT) do ESO, banhado por um brilho amarelo esverdeado. 

Este AT é apenas um dos quatro Telescópios Auxiliares de 1,8 metros do VLT, o qual conta ainda com quatro telescópis gigantes de 8,2 metros (os Telescópios Principais). Os ATs são telescópios únicos: tratam-se de unidades autossuficientes que, dependendo das necessidades do projeto observacional, podem ser reposicionadas até 30 posições diferentes por meio de um sistema de calhas. Trabalhando em uníssono como o Interferómetro do VLT (VLTI), esta infraestrutura colecta radiação emitida por objetos celestes, enviando-a para o mesmo ponto focal através de um sistema de espelhos que se encontra em túneis subterrâneos, permitindo assim aos investigadores observar o cosmos com um detalhe extraordinário. 

Composto por 8 telescópios no total, o VLT é o observatório astronómico a operar na luz visível mais avançado do mundo. A sua resolução permite ver detalhes na superfície das estrelas e até estudar as vizinhanças de buracos negros.

Créditos:

Sobre a imagem

Id:potw1952a
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:30 de Dezembro de 2019 às 09:00
Tamanho:5269 x 6282 px

Sobre o objeto

Nome:Auxiliary Telescopes
Tipo:Unspecified : Technology : Observatory : Telescope

Formatos de imagens

JPEG grande
8,4 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
271,3 KB
1280x1024
446,1 KB
1600x1200
642,1 KB
1920x1200
749,8 KB
2048x1536
1017,0 KB

 

Veja também