Pôr do Sol no Paranal

O Very Large Telescope (VLT) a 2600 metros de altitude no Cerro Paranal é o principal local do ESO onde se fazem observações no visível e no infravermelho. Está localizado no deserto chileno do Atacama. Os quatro telescópios de 8,2 metros de diâmetro estão a operar individualmente, tendo ao seu dispor uma enorme colecção de instrumentos, e fizeram já importantes descobertas científicas.

O VLT oferece também a possibilidade de combinar a luz dos quatro telescópios principais de forma coerente, trabalhando assim como um interferómetro. O Interferómetro do Very Large Telescope (VLTI), com o seu equipamento próprio, pode obter imagens com a precisão do milisegundo de arco e astrometria com 10 microsegundos de arco de precisão. Para além dos telescópios de 8,2 metros, o VLTI é complementado por quatro telescópios auxiliares (AT) de 1,8 metros de diâmetro cada um, que melhoram as suas capacidades de imagem e permitem utilizar o VLTI durante toda a noite ao longo do ano inteiro.

A cúpula do futuro telescópio de rastreio, o VLT Survey Telescope, de 2,6 metros, pode ver-se no centro da imagem.

Créditos:

ESO/F. Kamphues

Sobre a imagem

Id:vltpanorama
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:3 de Dezembro de 2009 às 23:19
Tamanho:17527 x 6219 px

Sobre o objeto

Nome:Panorama, Paranal
Tipo:• Unspecified : Technology : Observatory
• X - Paranal

Mounted Image

Formatos de imagens

JPEG grande
42,1 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
174,7 KB
1280x1024
276,5 KB
1600x1200
388,9 KB
1920x1200
467,6 KB
2048x1536
598,3 KB

 

Veja também