Voando através da imagem MUSE do Campo Ultra Profundo do Hubble

Um voo através do campo MUSE HUDF. As distâncias às galáxias são derivadas a partir da combinação entre medições espectroscópicas do MUSE e estimativas adicionais do rastreio 3DHST levado a cabo pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA.

Créditos:

ESO/Mark Swinbank, Institute for Computational Cosmology, Durham University

Sobre o vídeo

Id:eso1738d
Língua:pt
Data de divulgação:29 de Novembro de 2017 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1738
Duração:01 m 00 s
Frame rate:30 fps

Sobre o objeto

Tipo:Early Universe : Cosmology : Morphology : Deep Field

HD


Medium


For Broadcasters


Veja também