ann20004-pt — Anúncio

ESO ajuda empresa europeia a obter importante contrato internacional

3 de Fevereiro de 2020

Um contrato de vários milhões de euros foi adjudicado à companhia francesa CILAS por uma organização internacional, em parte graças a tecnologia desenvolvida por esta empresa em conjunto com o ESO. “Trata-se de um exemplo perfeito onde o ESO investiu em investigação e desenvolvimento tecnológico em colaboração com uma empresa europeia, fortalecendo assim as capacidades da empresa,” disse Stefan Ströbele, especialista em espelhos deformáveis do ESO que trabalhou com a CILAS.

A CILAS, uma das parceiras industriais do ESO e pioneira em óptica adaptativa, construiu espelhos deformáveis para vários instrumentos dos telescópios do ESO. Muitos instrumentos instalados em telescópios modernos apoiam-se em sistemas de óptica adaptativa integrados para corrigir os efeitos da turbulência atmosférica. Os espelhos deformáveis são componentes chave destes sistemas; por meio de atuadores, as suas superfícies podem ser deformadas ligeiramente de modo a compensar a distorção atmosférica que torna as imagens turvas.

Para apoiar a investigação e o desenvolvimento tecnológico na Europa e garantir a disponibilidade de tecnologia necessária aos seus telescópios, o ESO trabalhou em conjunto com a CILAS e o Observatório Internacional do Telescópio de Trinta Metros (TIO) em 2013, 2014 e 2015 no design e desenvolvimento de atuadores para espelhos deformáveis.

No ano passado, o TIO, uma organização internacional com parceiros americanos, japoneses, chineses, indianos e canadianos, atribuiu à CILAS um contrato para o desenvolvimento de dois grandes espelhos deformáveis para os seus telescópios. “O nosso investimento nas fases iniciais de desenvolvimento ajudaram a CILAS a obter este contrato contra um competidor americano,” disse Elise Vernet do ESO, gestora do projeto de desenvolvimento de 2013–2015.

“Este contrato é o resultado de uma estreita colaboração entre a CILAS, o TIO e o ESO para o desenvolvimento de tecnologia de espelhos deformáveis para grandes telescópios. Neste sentido, a CILAS adaptou e melhorou tecnologia inicialmente desenvolvido nos anos 1980s de modo a ir ao encontro das necessidades dos astrónomos,” disse Richard Palomo, gerente comercial do departamento de óptica adaptativa da CILAS.

A tecnologia que o ESO ajudou a desenvolver pode também ter aplicações noutros telescópios no futuro.

Contactos

Stefan Ströbele
ESO
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6323
Email: sstroebe@eso.org

Elise Vernet
ESO
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6322
Email: evernet@eso.org 

Bárbara Ferreira
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Alemanha
Tel: +49 89 3200 6670
Email: pio@eso.org 

Richard Palomo
CILAS adaptive optics sales manager
Tel: +33 442369715
Email: palomo@cilas.com

Sobre o anúncio

Id:ann20004

Imagens

Protótipo do espelho deformável da CILAS
Protótipo do espelho deformável da CILAS