Aproximando-se de uma estrela Wolf-Rayet na longínqua galáxia NGP–190387

Esta animação nos leva até uma das estrelas Wolf-Rayet localizadas na NGP–190387, uma galáxia tão longínqua que a sua luz demorou mais de 12 bilhões de anos a chegar até nós. As imagens no início do vídeo são observações astronômicas reais, enquanto a galáxia e a sua estrela Wolf-Rayet (demasiado distante para se ver claramente) estão representadas por meio de animações artísticas.

As  estrelas Wolf–Rayet são quentes e massivas, com tempos de vida de apenas alguns milhões de anos, e se acredita que acabem as suas vidas em explosões de supernova, ejetando para o espaço os elementos que forjaram nos seus núcleos. Observações recentes do ALMA revelaram flúor nas nuvens de gás da NGP–190387. Trata-se da detecção mais distante deste elemento, realizada até hoje, em uma galáxia com formação estelar. Esta descoberta sugere que as estrelas de vidas curtas chamadas Wolf–Rayet formam a maior parte do flúor das galáxias.

Crédito:

ESO/L. Calçada/M. Kornmesser/Digitized Sky Survey 2/N. Risinger (skysurvey.org)

Sobre o Vídeo

Id:eso2115b
Idioma:pt-br
Data de divulgação:4 de Novembro de 2021 às 17:00
Notícias relacionadas:eso2115
Duração:58 s
Frame rate:25 fps

Sobre o objeto

Nome:NGP–190387
Tipo:Early Universe : Galaxy

Ultra HD (info)


HD


Médio


For Broadcasters