Detecção de metais pesados na atmosfera do cometa C/2016 R2

A detecção dos metais pesados ferro (Fe) e níquel (Ni) na atmosfera difusa de um cometa está ilustrada nesta imagem, que mostra o espectro de luz do C/2016 R2 (PANSTARRS) sobreposto no canto superior esquerdo de uma imagem real do cometa obtida com o telescópio SPECULOOS no Observatório do Paranal do ESO. Cada pico branco no espectro representa um elemento diferente, com os do ferro e do níquel marcados com traços azuis e laranjas, respectivamente. A obtenção de espectros como este é possível graças ao instrumento UVES montado no Very Large Telescope do ESO, um espectrógrafo de alta resolução que "estica tanto" as linhas que conseguimos identificá-las individualmente. Além disso, o UVES se mantém sensível a comprimentos de onda que vão até 300 nanômetros. A maior parte das linhas de ferro e níquel aparecem por volta do comprimento de onda de 350 nm, o que significa que as capacidades do UVES foram essenciais para obter estes resultados.

Crédito:

ESO/L. Calçada, SPECULOOS Team/E. Jehin, Manfroid et al.

Sobre a imagem

Id:eso2108a
Idioma:pt-br
Tipo:Montagem
Data de divulgação:19 de Maio de 2021 às 17:00
Notícias relacionadas:eso2108
Tamanho:4000 x 2500 px

Sobre o objeto

Nome:C/2016 R2 (PANSTARRS)
Tipo:Solar System : Interplanetary Body : Comet

Formatos de imagens

JPEG grande
1,2 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
165,9 KB
1280x1024
254,8 KB
1600x1200
348,1 KB
1920x1200
408,7 KB
2048x1536
510,6 KB