A equipa KMOS na altura da primeira luz do instrumento

A equipa KMOS no sala de controlo do Observatório do Paranal aquando da primeira luz do instrumento. O KMOS é único na medida em que poderá observar no infravermelho, não apenas um, mas 24 objetos ao mesmo tempo e mapear como é que as suas propriedades variam de região para região. Fornecerá dados indispensáveis para compreender como é que as galáxias cresceram e evoluíram no Universo primordial - e isto muito mais rapidamente do que o que tem sido possível até agora. O KMOS foi construído por um consórcio de universidades e institutos do Reino Unido e Alemanha em colaboração com o ESO.

Créditos:

ESO/G. Lombardi (glphoto.it)

Sobre a imagem

Id:eso1251c
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:12 de Dezembro de 2012 às 12:00
Notícias relacionadas:eso1251
Tamanho:5760 x 3840 px

Sobre o objeto

Tipo:• Unspecified : People
• X - People and Events

Formatos de imagens

JPEG grande
4,9 MB

Zoom


Papéis de parede

1024x768
314,8 KB
1280x1024
455,5 KB
1600x1200
622,8 KB
1920x1200
728,1 KB
2048x1536
930,6 KB

Veja também