ann12101-pt — Anúncio

Astrónomos de todo o mundo reúnem-se para partilhar os Primeiros Resultados do Observatório ALMA

A conferência do Primeiro Ano de Ciência do ALMA teve lugar em Puerto Varas, Chile

17 de Dezembro de 2012

Astrónomos de todo o mundo reuniram-se no Chile para discutir o animador primeiro ano de resultados científicos do telescópio ALMA. ALMA iniciou suas operações científicas no final de Setembro de 2011 e os primeiros artigos científicos têm aparecido em revistas da especialidade.

Durante este primeiro ano de ciência do ALMA obtivemos já resultados importantes nas principais áreas científicas do ALMA,” disse Leonardo Testi do ESO, Presidente do Comité de Organização da conferência. “Compreendemos agora muito melhor o processo de formação planetária em redor das estrelas. Novos e importantes resultados foram obtidos na área de moléculas pré-bióticas no espaço, o que pode estar relacionado com a origem da vida. Com o ALMA começamos a estudar em pormenor a química da água e das moléculas orgânicas complexas, o que é importante para entender as nossas origens,” completou.

Duzentos astrónomos de todo o mundo encontraram-se entre 12 e 15 de Dezembro de 2012 em Puerto Varas, uma pequena e atrativa cidade na praia do Lago Llanquihue no sul do Chile, para o primeiro ano da Conferência Científica do ALMA, patrocinada pelos parceiros do ALMA, ESO, NAOJ e NRAO, assim como pelo Observatório ALMA e pela CONICYT e o projeto EC-FP7 Radionet3.

A conferência cobriu todos os tópicos científicos do ALMA: de observações de corpos do Sistema Solar a objetos na Via Láctea, o Universo local e todo o percurso até ao Universo longínquo. Foram apresentadas palestras e houve discussões focadas nos dados coletados com o ALMA e também implicações e previsões teóricas relacionadas e dados complementares relevantes de outras grandes infraestruturas.

Pela primeira vez o ALMA oferece a sensibilidade necessária para estudar galáxias normais no Universo muito distante, quando a sua idade era menos de 1 milhar de milhões de anos (a idade atual do universo é de 13,7 mil milhões de anos).

Estamos orgulhosos dos primeiros resultados obtidos com o subconjunto do ALMA que já está disponível” disse o Diretor do ALMA, Thijs de Graauw. “Estes resultados demonstram claramente o que o ALMA contribuirá para o entendimento do Universo quando sua construção estiver concluída no final de 2013 e tivermos o conjunto completo à disposição da ciência. As descobertas discutidas nesta conferência já são muito impressionantes, mas este é apenas o começo de uma nova era na astronomia.

Um resultado destacado na conferência foi a descoberta de um açúcar simples, o glicolaldeído, num jovem sistema planetário semelhante ao nosso (ver eso1234). Não se trata do mesmo açúcar que usamos no nosso café – na verdade, é venenoso – mas a sua molécula é um dos ingredientes da formação do RNA, um dos blocos de construção da vida, com uma forte ligação ao DNA.

Com o ALMA estamos também a encontrar discos protoplanetários em redor de anãs castanhas, o que sugere que a formação planetária pode ser mais comum do que acreditávamos antes,” disse Leonardo Testi (ver eso1248).

Os participantes da conferência também falaram sobre as prioridades científicas para o programa de desenvolvimento do ALMA, que garantirá upgrades contínuos do observatório, de modo a mantê-lo na vanguarda da investigação do Universo.

Embora muitos astrónomos participantes tivessem alguma experiência no norte do Chile, onde os principais observatórios astronómicos, como o ALMA, estão localizados, muitos nunca tinham estado antes no sul do país. “Os participantes ficaram encantados ao descobrir a hospitalidade, a culinária requintada e a beleza natural da região,” disse Gautier Mathys, Presidente do Comité de Organização Local.

ALMA, uma infraestrutura astronómica internacional, é uma parceria entre a Europa, a América do Norte e o Leste Asiático, em cooperação com a República do Chile. A construção e operação do ALMA é coordenada em prol da Europa pelo ESO, em prol da América do Norte pelo Observatório Nacional de Rádio Astronomia (NRAO), e pelo Observatório Astronómico Nacional do Japão (NAOJ), em prol do Leste Asiático. O Observatório ALMA (JAO) fornece uma liderança e direção unificadas na construção e operação do ALMA.

Links

Contactos

Douglas Pierce-Price

Public Information Officer, ESO

Garching bei München, Germany

Tel: +49 89 3200 6759

Email: dpiercep@eso.org

Valeria Foncea

Education and Public Outreach Officer, 

Joint ALMA Observatory

Santiago, Chile

Tel: +56 2 467 6258

Telm: +56 9 75871963
Email: vfoncea@alma.cl

Masaaki Hiramatsu

Education and Public Outreach Officer, NAOJ Chile
Observatory
Tokyo, Japan

Tel: +81 422 34 3630

E-mail: hiramatsu.masaaki@nao.ac.jp

John Stoke 

Assistant Director - Education & Public Outreach 

National Radio Astronomy Observatory
Charlottesville VA, USA. 

Tel: +1 434 244 6896 

Email: jstoke@nrao.edu

Sobre o anúncio

Id:ann12101

Imagens

Participantes da Conferência do Primeiro Ano de Resultados Científicos do ALMA em Puerto Varas, Chile
Participantes da Conferência do Primeiro Ano de Resultados Científicos do ALMA em Puerto Varas, Chile