ann13040-pt-br — Anúncio

Rede Compacta do ALMA está completa e tem o nome de um astrônomo japonês

7 de Maio de 2013

O Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) atingiu outro marco com a entrega da última antena que compõe a Rede Compacta (ACA, sigla do inglês Atacama Compact Array). A Rede Compacta é um subconjunto de 16 antenas individuais próximas, que farão aumentar bastante o potencial do ALMA relativamente ao estudo de objetos celestes com um tamanho angular grande, tais como nuvens moleculares e galáxias próximas.

As 16 antenas que formam a Rede Compacta, quatro com 12 metros e doze com 7 metros de diâmetro, foram fabricadas e entregues pelo Japão. A participação do Japão no ALMA inclui também alguns dos receptores rádio ultra-refrigerados instalados nas 66 antenas ALMA e o correlacionador da ACA, um computador poderoso concebido especialmente para combinar os sinais coletados pelas antenas da Rede Compacta.

O ALMA foi inaugurado a 13 de março de 2013 durante uma cerimônia oficial. No entanto, jé tinha começado as operações científicas em setembro de 2011, quando uma rede reduzida de antenas ficou pronta a observar. Astrônomos do mundo inteiro submeteram propostas de observação e, apesar das capacidades limitadas da rede parcial, os resultados científicos obtidos já fizeram avançar significativamente o nosso conhecimento do Universo, em campos como formação estelar e planetária e astroquímica.

Denominada Rede Morita em honra de um astrónomo japonês

Em março de 2013 foi decidido oficialmente que a Rede Compacta do ALMA se chamaria Rede Morita, em honra do Professor Koh-ichiro Morita, um membro da equipe japonesa ALMA, que concebeu a Rede Compacta, e que faleceu repentinamente em 7 de maio de 2012 em Santiago. Esta é a primeira vez que um telescópio toma o nome de um astrônomo japonês.

Informação adicional

O Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), uma infraestrutura astronômica internacional, é uma parceria entre a Europa, a América do Norte e o Leste Asiático, em cooperação com a República do Chile. O ALMA é financiado na Europa pelo Observatório Europeu do Sul (ESO), na América do Norte pela Fundação Nacional para a Ciência dos Estados Unidos (NSF) em cooperação com o Conselho Nacional de Investigação do Canadá (NRC) e no Leste Asiático pelos Institutos Nacionais de Ciências da Natureza (NINS) do Japão em cooperação com a Academia Sínica (AS) da Ilha Formosa. A construção e operação do ALMA é coordenada pelo ESO, em prol da Europa, pelo Observatório Nacional de Rádio Astronomia (NRAO), que é gerido, pela Associação de Universidades (AUI), em prol da América do Norte e pelo Observatório Astronômico Nacional do Japão (NAOJ), em prol do Leste Asiático. O Observatório ALMA (JAO) fornece uma liderança e direção unificadas na construção, gestão e operação do ALMA.

Links

Contatos

Richard Hook
ESO Public Information Officer
Garching bei München, Germany
Tel: +49 89 3200 6655
Cell: +49 151 1537 3591
Email: rhook@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann13040

Imagens

A Rede Compacta do ALMA
A Rede Compacta do ALMA