eso1305pt — Nota de Imprensa Institucional

Importantes delegações europeias visitam o Paranal

28 de Janeiro de 2013

No seguimento da Cimeira da Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caraíbas - União Europeia (CELAC-EU), várias delegações europeias de alto nível visitaram nos últimos dias o Observatório do Paranal do ESO, no norte do Chile. Esta cimeira, a maior do seu tipo organizada até ao momento pelo Chile, teve lugar em Santiago de 22 a 28 de janeiro de 2013. O ESO desempenhou um papel importante neste evento, tendo tido uma excelente oportunidade para mostrar o seu trabalho e as suas instalações aos representantes dos Países Membros.

Ao longo de toda a semana, vários representantes europeus de alto nível visitaram as várias dependências do ESO no Chile. Entre outros estiveram presentes o Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso; o Presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy; a Alta Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, a Baronesa Catherine Ashton de Upholland; o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Suécia, Carl Bildt; o Comissário Europeu do Comércio, Karel de Gucht; e a Diretora na América do Gabinete Britânico do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comunidade das Nações, Kate Smith.

Sessenta e um chefes de estado e de governo da América Latina, Caraíbas e União Europeia foram convidados a participar na cimeira, assim como vários ministros e outros oficiais de alto gabarito. O objetivo do encontro foi a construção de uma aliança estratégica para o desenvolvimento sustentável e a criação de uma estratégia de integração política, económica, física e energética.

José Manuel Barroso e Herman van Rompuy visitaram independentemente o Observatório do Paranal do ESO, que se situa no deserto chileno do Atacama, a uma altitude de 2635 metros acima do nível do mar. Ambos fizeram uma visita ao Observatório, guiados pelo Diretor Geral do ESO, Tim de Zeeuw, onde poderam admirar os quatro telescópios de 8,2 metros que compõem o Very Large Telescope (VLT), o telescópio óptico/infravermelho mais avançado do mundo. Visitaram também a Residencia do Paranal, local de estadia e edifício de gabinetes do Observatório, um edifício que ganhou diversos prémios.

Durante a sua visita, Herman van Rompuy declarou: “Os telescópios extraordináriosque aqui se encontram são um tributo aos cientistas europeus e à indústria europeia, mas são também um tributo de quão efetivo é o seu trabalho em conjunto no seio do ESO, tanto entre os diferentes países membros como com a nação de acolhimento, o Chile. O Paranal é um símbolo poderoso da demanda da humanidade pelo conhecimento e é também um símbolo de cooperação internacional.”

José Manuel Barroso expressou a sua gratidão pela oportunidade de visitar o Observatório do Paranal do ESO: “Esta foi uma excelente oportunidade de visitar este local espetacular e ver em primeira mão os frutos da colaboração entre os muitos países europeus no campo da astronomia. É da mais elevada importância que exploremos as fronteiras da ciência e aprofundemos o nosso conhecimento do Universo. Como europeu sinto-me orgulhoso por ver que mantemos este objetivo ambicioso.”

Tim de Zeeuw, o Diretor Geral do ESO, acrescentou: “Sentimo-nos muito honrados por receber aqui no Paranal os líderes da União Europeia, assim como os representantes dos países europeus e apresentar o nosso trabalho. O ESO é um grande exemplo de como pessoas de países diferentes e culturas distintas se juntaram no intuito de trazer a astronomia, nos países membros e na nação de acolhimento, o Chile, para a vanguarda da investigação astronómica mundial”.

Catherine Ashton, a Alta Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, visitou o Observatório do Paranal no início da semana, juntamente com o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Suécia, Carl Bildt.

O Representante do ESO no Chile, Massimo Tarenghi concluiu: “Estamos gratos pelo apoio continuado dos nossos Estados Membros europeus, e também pelo grande apoio que nos é dado pelo governo do Chile, o que nos permite fazer ciência de vanguarda aqui no Chile com o VLT, e planear o European Extremely Large Telescope, o maior olho no céu do mundo.”

Kate Smith, Diretora na América do Gabinete Britânico do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comunidade das Nações, visitou os gabinetes do ESO em Santiago, de onde se coordena todo o trabalho do ESO no Chile.

O ESO foi também convidado a apresentar algum do seu trabalho na cimeira CELAC-EU, que teve lugar no Espacio Riesco em Santiago. As próprias estrelas foram o tema para o logotipo da cimeira, baseado no trabalho de renome do escultor chileno Mario Irarrázabal, que mostra estrelas representativas do céu do norte do Chile. A exposição do ESO “Universo Deslumbrante”, criada para celebrar o aniversário dos 50 anos da Organização, foi escolhida para decorar o local, assim como imagens ESO de objetos astronómicos observados por telescópios do ESO, que se encontram normalmente em exposição no Palácio Presidencial em Santiago.

Informações adicionais

O ESO é a mais importante organização europeia intergovernamental para a investigação em astronomia e é o observatório astronómico mais produtivo do mundo. O ESO é  financiado por 15 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça. O ESO destaca-se por levar a cabo um programa de trabalhos ambicioso, focado na concepção, construção e funcionamento de observatórios astronómicos terrestres de ponta, que possibilitam aos astrónomos importantes descobertas científicas. O ESO também tem um papel importante na promoção e organização de cooperação na investigação astronómica. O ESO mantém em funcionamento três observatórios de ponta, no Chile: La Silla, Paranal e Chajnantor. No Paranal, o ESO opera  o Very Large Telescope, o observatório astronómico óptico mais avançado do mundo e dois telescópios de rastreio. O VISTA, o maior telescópio de rastreio do mundo que trabalha no infravermelho e o VLT Survey Telescope, o maior telescópio concebido exclusivamente para mapear os céus no visível. O ESO é o parceiro europeu do revolucionário telescópio  ALMA, o maior projeto astronómico que existe atualmente. O ESO encontra-se a planear o European Extremely Large Telescope, E-ELT, um telescópio de 39 metros que observará na banda do visível e próximo infravermelho. O E-ELT será “o maior olho no céu do mundo”.

Links

Anúncio sobre a exposição ESO na CELAC-EU

Contactos

João Fernandes
Departamento de Matemática, Universidade de Coimbra
3001-454 Coimbra, Portugal
Telm.: 914002960
Email: eson-portugal@eso.org

Margarida Serote
ESO Science Outreach Network
Portugal
Telm.: +351 913722738
Email: eson-portugal@eso.org

Lars Lindberg Christensen
ESO education and Public Outreach Department
Garching bei München, Germany
Tel.: +49-89-3200-6761
Telm.: +49-173-3872-621
Email: lars@eso.org

Massimo Tarenghi
ESO Representative in Chile
Santiago, Chile
Tel.: +56 2 463 3143
Email: mtarengh@eso.org

Este texto é a tradução da Nota de Imprensa do ESO eso1305, cortesia do ESON, uma rede de pessoas nos Países Membros do ESO, que servem como pontos de contacto local com os meios de comunicação social, em ligação com os desenvolvimentos do ESO. A representante do nodo português é Margarida Serote.

Sobre a Nota de Imprensa

Nº da Notícia:eso1305pt
Tipo:• X - People and Events
• X - Events

Imagens

O Presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, durante a visita ao Observatório do Paranal
O Presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, durante a visita ao Observatório do Paranal
O Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, durante a visita ao Observatório do Paranal do ESO
O Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, durante a visita ao Observatório do Paranal do ESO
Imagens do ESO e um modelo do E-ELT na Cimeira CELAC-EU, em Santiago
Imagens do ESO e um modelo do E-ELT na Cimeira CELAC-EU, em Santiago
Primeiro Ministro francês, Jean-Marc Ayrault e Massimo Tarenghi na Cimeira CELAC-EU, em Santiago
Primeiro Ministro francês, Jean-Marc Ayrault e Massimo Tarenghi na Cimeira CELAC-EU, em Santiago
Imagens do ESO e um modelo do E-ELT na Cimeira CELAC-EU, em Santiago
Imagens do ESO e um modelo do E-ELT na Cimeira CELAC-EU, em Santiago

Vídeos

Visita de José Manuel Barroso ao VLT
Visita de José Manuel Barroso ao VLT

Veja também