Fotografia da Semana 2009

Assine as Notícias do ESO
potw0944-pt — Fotografia da Semana
Panorâmica de 360 graus do céu austral
9 de Novembro de 2009: A Via Láctea arqueia ao longo desta panorâmica excepcional de 360 graus do céu nocturno, por cima da plataforma do Paranal, local de acolhimento do Very Large Telescope do ESO. A imagem foi criada a partir de 37 imagens individuais, somando um tempo de exposição total de 30 minutos, tiradas de madrugada. A Lua está mesmo a nascer e a luz zodiacal brilha por cima dela, enquanto a Via Láctea se estende por todo o céu, do lado oposto ao observatório.Podemos ver na imagem as cúpulas abertas do observatório astronómico terrestre mais avançado do mundo: os quatro Telescópios Auxiliares mais pequenos, de 1,8 metros, que podem ser usados em conjunto no modo interferométrico, e os Telescópios Principais gigantes de 8,2 metros. À direita na imagem e por baixo do arco da Via Láctea, podemos ver duas das nossas vizinhas galácticas, a Pequena e a Grande Nuvens de Magalhães. Encontra-se disponível ...
potw0940-pt — Fotografia da Semana
Madrugada no Paranal
12 de Outubro de 2009: Esta bela panorâmica mostra a plataforma de observação do Very Large Telescope do ESO (VLT) no Cerro Paranal, Chile. Tirada de madrugada, com a Lua ainda alta no céu, o ambiente de paz e tranquilidade contrasta bem com a actividade frenética do observatório. Os quatro telescópios principais gigantes do VLT de 8,2 metros, encontram-se todos a trabalhar, observando diversos alvos celestes e ajudando assim os astrónomos na sua demanda diária pela compreensão dos mistérios do Universo. Um raio laser está a ser disparado a partir do Telescópio Principal número 4, o Yepun, raio esse necessário ao bom funcionamento do sistema de óptica adaptativa do telescópio, o qual permite corrigir o efeito de distorção que a atmosfera terrestre tem sobre as imagens observadas, tornando-as assim muito mais nítidas. Entretanto, três dos quatro telescópios mais pequenos, de 1,8 metros, os Telescópios Auxiliares, estão a trabalhar em uníssono no modo interferométrico, obtendo imagens ...
potw0914-pt — Fotografia da Semana
O observatório do Paranal e o vulcão Llullaillaco
14 de Abril de 2009: Esta fotografia aérea do local de acolhimento do Very Large Telescope do ESO (VLT), demonstra bem a qualidade soberba do local de observação. Em primeiro plano vemos o Observatório do Paranal, situado a 2600 metros de altitude na montanha do Paranal, no Chile. No fundo, podemos ver o vulção Llullaillaco, com o pico coberto de neve e que se encontra a 6720 metros de altitude, a uma distância de uns extraordinários 190 km para Este, na fronteira com a Argentina. Esta imagem testemunha bem a magnífica qualidade do ar e as condições ideais para observar que existem neste local remoto.Vêem-se claramente na imagem as cúpulas dos quatro Telescópios Principais de 8,2 metros do VLT e mais perto de nós encontra-se o Edifício de Controle, donde os astrónomos operam os telescópios. Tirada há alguns anos atrás, esta fotografia não mostra os Telescópios Auxiliares nem a cúpula do VST Survey Telescope, telescópio ...
Mostrar 1 até 3 de 3
Envie-nos os seus comentários!
Assine as Notícias do ESO