À procura de uma casa

Artist impression of the E-ELTUm telescópio extraordinário necessita de um local excepcional. Todos os cuidados foram tomados de forma a garantir que a futura casa do E-ETL seja a mais adequada possível. O que quer dizer, geralmente, um local alto e seco, de modo a que as observações sejam o menos afetadas possível pela atmosfera. A equipa de seleção do local para o E-ELT investigou em grande detalhe vários locais na Argentina, no Chile, em Marrocos e em Espanha. Esforços semelhantes foram desenvolvidos pela equipa de seleção do local do Telescópio de 30 metros, TMT (Thirty-Meter Telescope). De modo a que estes estudos fossem o mais eficiente possível, os locais pré-selecionados para o TMT (todos na América do Norte e na América do Sul) não foram incluídos nos estudos para o E-ELT. No entanto, todos os dados foram partilhados entre as duas equipas.

Em 2-3  Março de 2010, o Comité de Aconselhamento da Seleção do Local do E-ELT apresentou um relatório ao Conselho do ESO, confirmando que todos os locais examinados pertencentes à lista final (Armazones, Ventarrones, Tolonchar e Vizcachas no Chile e em La Palma, Espanha) dispunham de muito boas condições para observações astronómicas, tendo cada local os seus pontos fortes particulares. O relatório técnico concluiu, no entanto, que o Cerro Armazones, perto do Paranal, se destaca como o local claramente preferencial, uma vez que apresenta a melhor relação entre a qualidade do céu em todos os aspectos e pode ser operado de um modo integrado com o Observatório do Paranal do ESO, já existente.

O Cerro Armazones é uma montanha a uma altitude de 3060 metros, situada na região central do deserto chileno do Atacama, a cerca de 130 quilómetros a sul da cidade de Antofagasta e a cerca de 20 quilómetros do Cerro Paranal, local que acolhe o Very Large Telescope do ESO.

A 26 de Abril de 2010 o Conselho do ESO selecionou o Cerro Armazones como o local de instalação do telescópio de 39 metros, o European Extremely Large Telescope (E-ELT).

A 13 de outubro de 2011 foi assinado um acordo entre o ESO e o governo do Chile, que incluiu a doação de 189 km2 de terreno em torno do Cerro Armazones para a instalação do E-ELT, assim como a concessão de uso durante 50 anos da área circundante.

A 27 de outubro de 2013 o Presidente do Chile, Sebastián Piñera, entregou os documentos legais assinados pelos quais os governo chileno transfere este terreno em torno do Cerro Armazones ao ESO.

Links:

 

Back            Next