ann13011-pt — Anúncio

Entrega do último módulo de primeira interface do ALMA

Chegada de componente europeu completa outra fase da construção do ALMA

22 de Fevereiro de 2013

O último sistema de primeira interface para o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) foi entregue no Centro de Apoio às Operações (OSF, sigla do inglês) no Chile, atingindo-se assim outro marco no culminar do projeto. Com uma primeira interface instalada em cada uma das 66 antenas do ALMA, estas componentes são o primeiro passo de uma longa cadeia de dispositivos que recebem, convertem, processam e registam os dados astronómicos colectados pelo telescópio. Cada componente contém um conjunto de receptores extremamente sensíveis, arrefecidos a uma temperatura de apenas quatro graus acima do zero absoluto (-269º Celsius), que detectam a radiação que o ALMA “vê”, nos comprimentos de onda do milímetro e do submilímetro.

A construção destes componentes do ALMA foi partilhada entre os vários parceiros do projeto, tanto na Europa, como na América do Norte e Leste Asiático. Vinte e seis de um total de 70 unidades foram construídas no Centro de Integração Europeu de Primeira Interface do ALMA, com sede no Laboratório Rutherford Appleton (RAL, sigla do inglês) no Reino Unido, incluindo esta última entrega. Estas 26 unidades são um dos produtos finais entregues ao ESO pelo parceiro europeu no projeto ALMA.

“Estes sistemas de vanguarda de primeira interface são cruciais para o bom funcionamento do ALMA. O laboratório RAL, como anfitrião do Centro de Integração de Primeira Interface na Europa (EuFEIC, sigla do inglês) em prol do ESO, está contente por ter entregue no Chile a primeira interface número 70, a última do projeto. Apesar de termos começado depois dos colegas do Leste Asiático e da América do Norte, o EuFEIC melhorou a sua taxa de produção durante o ano 2012, para conseguir terminar a tempo a entrega e consequentemente esta importante fase do processo de construção do ALMA”, disse Brian Allison, coordenador britânico do projeto ALMA.

Ao chegar ao local do ALMA, o receptor será novamente submetido a novos testes de verificação no OSF. A aceitação formal por parte do observatório marcará o fecho das actividades do Centro de Integração Europeu de Primeira Interface e do projeto de construção de primeiras interfaces do ALMA na sua totalidade. O observatório ALMA será inaugurado oficialmente a 13 de março (ver acessoria de imprensa ann12092).

Informação adicional

O ALMA, uma infraestrutura astronómica internacional, é uma parceria entre a Europa, a América do Norte e o Leste Asiático, em cooperação com a República do Chile. A construção e operação do ALMA é coordenada pelo ESO, em prol da Europa, pelo Observatório Nacional de Rádio Astronomia (NRAO), em prol da América do Norte e pelo Observatório Astronómico Nacional do Japão (NAOJ), em prol do Leste Asiático. O Joint ALMA Observatory (JAO) fornece uma liderança e direção unificadas na construção, comissionamento e operação do ALMA.

Links

Contactos

Gie Han Tan
ESO ALMA European Front End Project Manager
Garching bei München, Germany
Tel: +49 89 3200 6487
Email: ghtan@eso.org

Peter Hekman
ESO Liaison Officer at ALMA European FEIC, Rutherford Appleton Laboratory
Didcot, United Kingdom
Tel: +44 1235 44 6741
Email: phekman@eso.org

Douglas Pierce-Price
Public Information Officer, European Southern Observatory
Garching bei München, Germany
Tel: +49 89 3200 6759
Email: dpiercep@eso.org

Sobre o anúncio

Id:ann13011

Imagens

A última Primeira Interface do ALMA parte para o Chile
A última Primeira Interface do ALMA parte para o Chile
A última Primeira Interface do ALMA no FEIC europeu
A última Primeira Interface do ALMA no FEIC europeu